Notícias

Presidente do SINDVIGPB fala sobre as ações

O Presidente do SINDVIGPB (Sindicato dos Vigilantes do Estado da Paraíba), Willams Santos, vem seguindo na luta em prol de toda a categoria dos trabalhadores vigilantes do estado. Apesar das grandes dificuldades e a luta por uma campanha salarial de melhorias a todos os vigilantes, houve a conquista do reajuste de 4,91%, e o vale alimentação de R$ 18,00 (dia trabalhado), além da manutenção da CCT anterior, o que representa o fruto de muito trabalho e batalhas travadas para que esses direitos fossem alcançados. Também esteve a frente para a solução de varias ações relativas a empresas que fecharam como também as que deixaram de pagar os direitos dos trabalhadores vigilantes, garantindo assim que esses profissionais não saíssem prejudicados.

No ano de 2019 conseguimos ainda a manutenção dos postos de trabalhos para os vigilantes mensalistas da Caixa Econômica Federal, que estavam ameaçados de serem substituídos por vigilantes horistas, e com muito esforço e luta do presidente deste sindicato os mensalistas foram mantidos nos seus cargos.

Também não podemos deixar de citar que neste mandato, o presidente Willams Santos conseguiu manter vários benefícios e firmar parcerias importantes em prol dos Trabalhadores vigilantes, a exemplo do plano odontológico, o exame medico do clinico geral, cortes de cabelo, entre outros. Para que assim cada vez mais o Vigilante possa se sentir assistido, seguro e satisfeito com um sindicato representativo, forte e parceiro do trabalhador.~

Estamos em ano de eleição para escolher novamente a diretoria do SINDVIGPB, e o presidente Willams Santos vem mais uma vez colocar seu nome a disposição do Sindicato, para renovar o compromisso e responsabilidade a frente da luta de todos os vigilantes do estado da Paraíba, concorrendo assim a continuar a frente da Presidência desta tão importante instituição deste categoria.

Willams dos Santos Silva

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar